sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

Até amar o Corinthians é iluminação

Quem acha que a vida não é justa, certamente está desajustado. Os sete bilhões de habitantes desse planeta desejam a felicidade. Mas a maioria tenta reformar o mundo ao seu redor para satisfação dos desejos. O resultado é apenas caos, frustração, depressão.

Sofrimento e alegria não são castigo ou prêmio. São efeito do esforço de mudar-se internamente. Difícil aceitar, crianças mimadas que somos, chacoalhamos a máquina de doce do samsara e nunca alcançamos a guloseima desejada. Isso quando ela não engole suas moedas e te deixa com fome ou sede.

O caminho do meio é o equilíbrio entre a renúncia a todos esses sofrimentos e a compaixão. Aprender com os obstáculos, não se apegar às perdas e injustiças da máquinas de doces. E aprender a amar todos os seres vivos. "Quando eu amar os outros, a ponto de me desesperar, nunca mais sofrerei", ensina meu professor de meditação Gen Kelsang Odro. É forma de esvaziar nosso egoísmo e apego a esse eu que sofre, deseja, resmunga.

Fácil? De forma nenhuma. Espiritualmente, engatinhamos. Mas quer moleza? Torce para o São Paulo, como diria um tio meu, Como corintiana não praticante, começo a concordar com ele, mas mantenho-me fiel ao time que só nos dá crescimento espiritual, aceitando com alegria as seguidas derrotas. Timão é treino para iluminação! Libertação, mesmo sem Libertadores.

Palestra do meu prô Odro, queridíssimo!



5 comentários:

  1. Não esqueça que o Coringão possue a maior torcida a favor e contra.
    Como os que estão contra não estão pensando no Timão com espírito iluminado, resta a nós pensarmos nesses indíviduos, pobres de espiríto, com iluminação.

    ResponderExcluir
  2. Isso aí companheiro de infortúnio, conosco quem quiser, contra nós quem puder! Mas a gente ama todas as almas, mesmo querendo enforcá-las!

    ResponderExcluir
  3. Ju, desculpa a falta de iluminação mas faço minhas as palavras de D. Eva

    http://www.youtube.com/watch?v=hkhSiV-uco0&feature=player_embedded#

    PS. Cadê as pernas do queridissimo?

    ResponderExcluir
  4. Paulooo, adooorei, não ri tanto quanto à D. Eva, mas gargalhei. Já mandei para os colegas de desdita.

    O Odrinho está de perninha cruzada, posição de meditação.

    ResponderExcluir